fbpx
Logo-trasnparente-branca-boa-prova

Concurso ANA

Compartilhe essa página:

CONCURSO ANA SAIBA MAIS!

 

Em 31 de agosto de 2021, o governo federal divulgou o Projeto de Lei Orçamentária de 2022 (PLOA) que prevê ao todo para o Poder Executivo, o provimento em mais de 66 mil vagas. A seleção para o concurso ANA pode ser uma das contempladas com abertura de edital no ano que vem.

 

ÚLTIMO CONCURSO  ANA

 

O último concurso foi em 2012 e teve 45 vagas ofertadas para o cargo de Técnico Administrativo para Brasília — DF. Foi organizado pelo Cetro Concursos Públicos, Consultoria e Administração.

A remuneração inicial ofertada foi de R$ 4.760,18 composta pelo vencimento básico e pela gratificação de desempenho de atividade técnico-administrativa em regulação. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O concurso público teve a validade durante um ano, após a homologação do resultado final

SOBRE A ANA ( AGÊNCIA NACIONAL DAS ÁGUAS)

 

A Agência Nacional de Águas é uma agência reguladora que atua no ato de fazer cumprir os objetivos e diretrizes da Lei das Águas do Brasil.

Atuando nos âmbitos de regulação, monitoramento, aplicação da lei e planejamento relativos ao acesso e uso das águas gerenciadas pela União.

Veja mais sobre esse órgão no site do próprio órgãoANA

 

SAIBA MAIS SOBRE O CONCURSO ANA 2021

 

O órgão segue aguardando autorização, mas a probabilidade de publicação de um edital neste ano é muito grande.

Os últimos concursos públicos foram realizados em 2012 e 2008, portanto, já perderam a validade e o órgão precisa contratar novos servidores.

Dessa maneira, a princípio, espera-se que as 62 vagas da Agência Nacional de Águas, sejam divididas da seguinte maneira:

Analista Administrativo (nível superior): 27 vagas com remunerações iniciais de R$ 13.807,57

Especialista em Recursos Hídricos (nível superior): 35 vagas com vencimentos iniciais de R$ 15.058,12

É importante ressaltar que apesar de as vagas da ANA serem destinadas para a sede em Brasília, como este concurso público tem alcance nacional, as próximas provas poderão acontecer em todas as capitais do país.

CARGOS DO CONCURSO ANA 2021

 

Especialista em Recursos Hídricos

Para concorrer a uma vaga de Especialista é necessário possuir nível superior em qualquer área.

Como atribuições, este profissional exerce atividades de nível superior de elevada complexidade e responsabilidade, envolvendo regulação, outorga e fiscalização do uso de recursos hídricos, à implementação, operacionalização e avaliação dos instrumentos da política nacional de recursos hídricos, a análise e desenvolvimento de programas e projetos de despoluição de bacias hidrográficas, eventos críticos em recursos hídricos e promoção do uso integrado de solo e água, entre outras ações, e atividades análogas decorrentes do cumprimento das atribuições institucionais da ANA e outras ações.

Analista Administrativo

Ainda não há definição das áreas e formações que abrirão vagas neste cargo, mas no último concurso foram abertas oportunidades para qualquer formação superior e também para as específicas em:

Administração, Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Comunicação Social, Tecnologia da Informação e Comunicação. É necessário possuir também registro profissional no respectivo órgão de classe.

Quanto às atribuições, o Analista realiza atividades administrativas e logísticas relativas às competências constitucionais e legais da ANA.

 

EVOLUÇÃO NA CARREIRA DENTRO DO ORGÃO ANA 2021

 

Uma vez aprovado no concurso ANA, você poderá evoluir de cargo e remuneração de acordo com as categorias, classes e padrões abaixo:

Concurso ANA
Cargo de Especialista em Recursos Hídricos
Concurso ANA
Cargo de analista
Concurso ANA
Cargo de técnico

CONCURSO ANA: NOMEAÇÕES

 

De acordo com o órgão foram nomeados para o cargo de Técnico Administrativo, os candidatos classificados dentro do número das 45 (quarenta e cinco) vagas disponibilizadas.

Contudo, no decorrer da validade do concurso outros candidatos classificados até a 90.ª posição também foram nomeados, em face de diversas manifestações de desistências e/ou não comparecimento à posse.

REQUISITOS BÁSICOS PARA INVESTIDURA NO CONCURSO ANA

 

  • Ter sido aprovado e classificado no concurso público;
  • Ter nacionalidade brasileira; no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, na forma do disposto no art. 13 do Decreto n.º 70.436, de 18/4/1972;
  • Gozar dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;
  • Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos na data da posse;
  • Ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do Cargo, comprovadas por junta médica oficial;
  • Apresentar, na data da posse, os requisitos exigidos para o Cargo;
  • Apresentar declaração de bens e valores que constituam patrimônio e, se casado(a), a do cônjuge, com dados até a data da posse;
  • Providenciar, a suas expensas, os exames laboratoriais e complementares necessários à realização do exame médico a que será submetido (a relação desses exames será disponibilizada no endereço eletrônico da ANA após divulgação do resultado final do concurso);
  • Apresentar, na forma da legislação vigente, declaração firmada de não ter sido, nos últimos cinco anos
  • a) responsável por atos julgados irregulares por decisão definitiva do Tribunal de Contas da União, do Tribunal de Contas de Estado, do Distrito Federal ou de Município, ou ainda, por Conselho de Contas de Município;
  • b) punido, em decisão da qual não caiba recurso administrativo, em processo disciplinar por ato lesivo ao patrimônio público de qualquer esfera de governo;
  • c) condenado em processo criminal por prática de crimes contra a Administração Pública, capitulados nos Títulos II e XI da Parte Especial do Código Penal Brasileiro, na Lei n.º 7.492, de 16/6/1986, e na Lei n º 8.429, de 2/6/1992 e os previstos na Lei núm. 11.343 de 2006; d) condenado em processo judicial que impossibilite o exercício imediato do cargo;

Apresentar os documentos que se fizerem necessários por ocasião da posse;

A falta de comprovação de qualquer um dos requisitos especificados neste item e daqueles que vierem a ser estabelecidos, impedirá a posse do candidato.

Gostaria de saber como você já pode ir se preparando para esse concurso Ana? (Agência nacional das águas) veja esse artigo>>>aqui como estudar para concursos públicos.<<<

 

Compartilhe essa página:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não perca! Inscreva-se agora
e fique por dentro dos concursos públicos.

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso, em breve você ganhará sua amostra grátis! desde já desejamos bons estudos e boa prova!