fbpx
Logo-trasnparente-branca-boa-prova

concurso INSS inscrição: 7830 Vagas solicitadas

Compartilhe essa página:

Concurso INSS Inscrição em breve: Solicitadas 7.830 vagas

 

O concurso INSS está cada vez mais próximo , porém depende de aprovações do Ministério da Economia e Paulo Guedes, para garantir a realização de um novo certame, Fique ligado pois concurso INSS inscrição serão abertas.

O levantamento mais recente aponta que o INSS tem defasagem de mais de 22 mil servidores, além da metade do pessoal em fase de se aposentar.

A carreira de técnico do seguro social exige ensino médio (em instituição reconhecida pelo MEC – Ministério da Educação) e apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458. Já o cargos de analista exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), e os vencimentos chegam a R$ 7.954,09 por mês, contado o benefício alimentação. Para perito destina-se aos profissionais com graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também no auxílio.

concurso inss inscrição

Vagas Solicitadas  para o concurso do INSS 2022

 

O número oficial de vagas do concurso INSS solicitadas ao Ministério da Economia pelo Instituto Nacional do Seguro Social foi confirmado. Ao todo, o pedido para o novo concurso inss inscrição contempla 7.575 vagas, sendo:

  •  1.571 para Analistas;
  • 6.004 para Técnicos.

Anteriormente, no fim de maio de 2021, circulou a informação de que seriam 10.000 vagas solicitadas. Contudo, a relação  do concurso INSS inscrição oficial passou para 7.575 vagas.

Apesar do cargo de Técnico do Seguro Social ser naturalmente regulamentado como uma atribuição de nível médio,  o documento solicita que  ambos os cargos sejam de nível superior. A justificativa para a atualização de requisitos diz respeito ao entendimento do INSS de que: “a complexidade das atividades realizadas no  reconhecimento dos direitos requer o nível superior”.

Contudo, no fim do mês de junho de 2021, o diretor de Gestão de Pessoas afirmou que o ensino médio completo será o requisito oficial. “Não haverá alteração de escolaridade. Essa foi apenas uma sugestão. Um próximo concurso INSS deve exigir o nível médio para o técnico”, esclareceu.

Esse número ainda precisa ser confirmado pelo Ministério da Economia.

O novo pedido consta em documento, disponibilizado no Sistema Eletrônico de Informações (SEI) do Governo Federal. Nesse documento, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) detalha a solicitação.

Das 7.830 vagas pedidas, 6.084 são para a carreira de técnico do seguro social, que exige o nível médio e tem ganhos de R$5.186,79. As demais 1.746 vagas são solicitadas para o analista do seguro social, cargo de nível superior e com remuneração de R$7.659,87.

O pedido do INSS também detalha como essas vagas de técnicos e analistas serão aproveitadas, se houver autorização. No caso do técnico, o instituto prevê as seguintes áreas de atuação:

  • Análise Reconhecimento de Direito RGPS (2.938 vagas);
  • Combate à Fraude (734);
  • Serviço de Apoio ao Reconhecimento de Direito (216);
  • Serviço de Atendimento de Demandas Judiciais (40);
  • Serviço de Cobrança Administrativa (34);
  • Análise Reconhecimento de Direito RPPS (46)
  • Recomposição do Quadro de Aposentados até 2023 (1.996)
  • Área meio (80).

Já para analista, as vagas contemplam as seguintes possibilidades de atuação:

  • Serviço Social (463 vagas);
  • Reabilitação Profissional (702);
  • Recomposição do Quadro de Aposentados até 2023 (406);
  • Área meio (175).

A grande mudança em relação ao pedido do ano passado é a área meio, tanto para o técnico, quanto para o analista. As demais áreas permanecem com o mesmo quantitativo de vagas.

Provas até quatro meses após edital

 

O primeiro passo, logo após a autorização publicada em Diário Oficial, será a definição da oferta de vagas, o que deverá acontecer em três dias.

Em seguida, o INSS vai elaborar a minuta do edital, ou seja, o projeto básico do concurso, com as principais informações para que as bancas encaminhem propostas na concorrência pela organização da seleção.

O prazo para fechar o projeto básico, segundo o pedido de concurso, é de oito dias. A escolha e contratação da banca organizadora poderá durar, no máximo, 23 dias.

Isso porque a autarquia prevê o envio do projeto básico às instituições em um dia, recebimento das propostas das bancas por cinco dias, definição da organizadora um dia após o recebimento das propostas e elaboração do contrato com a escolhida em até seis dias.

A assinatura do contrato é a etapa que levará mais tempo, na projeção do INSS. São esperados até dez dias nessa fase.

Em seguida, o INSS prevê cinco dias para fechar a elaboração do edital, o publicando em Diário Oficial com antecedência de quatro meses para a prova. O instituto pretende receber inscrições por um mês. Veja o cronograma sugerido pelo INSS para o concurso.

  • Definição das vagas do concurso INSS – três dias
  • Elaboração do projeto básico – oito dias
  • Envio do projeto básico às bancas organizadoras – um dia
  • Recebimento das propostas das bancas – cinco dias
  • Escolha da banca – um dia
  • Elaboração do contrato – seis dias
  • Assinatura do contrato – dez dias
  • Elaboração do edital – cinco dias
  • Publicação do edital – quatro meses antes da data da prova

Concurso INSS: carreira

Concurso INSS: Requisitos

 

Cada cargo do concurso INSS exige um requisito. Veja:

Cargo Exigência(s)
Técnico do Seguro Social diploma de nível médio completo.
Analista do Seguro Social diploma de nível superior na área com vagas disponibilizadas em edital.
Perito Médico diploma de nível superior em Medicina e registro regular no Conselho Regional de Medicina (CRM).

Os cargos de Analista no INSS podem ser para profissionais de diversas áreas. Em editais INSS anteriores já foram ofertadas carreiras para:

  • Estatística;
  • Ciências Contábeis;
  • Direito;
  • Administração;
  • Engenharia Civil;
  • Engenharia Mecânica;
  • Engenharia Elétrica;
  • Engenharia de Telecomunicações;
  • Engenharia com especialização em Segurança do Trabalho e Serviço Social.

concurso inss inscrição

Concurso INSS: Atribuições

Concurso INSS: Técnico do Seguro Social

 

  • realizar atividades internas e externas relacionadas ao planejamento, à organização e à execução de tarefas de competências constitucionais e legais do INSS que não demandem formação profissional específica;
  • coletar informações, executar pesquisas, levantamentos e controles, emitir relatórios e pareceres;
  • e exercer, mediante designação da autoridade competente, outras atividades relacionadas às finalidades institucionais do INSS.

Concurso INSS: Analista do Seguro Social

 

  • prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados pelo INSS nas Agências da Previdência Social – APS e aos seus servidores, aposentados e pensionistas;
  • elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de Serviço Social e Reabilitação Profissional;
  • supervisionar e homologar os programas profissionais realizados por terceiros ou instituições conveniadas;
  • realizar avaliação social para fins de concessão de direitos previdenciários e benefícios assistenciais;
  • promover estudos sociais e socioeconômicos, pesquisa e levantamento de informações visando à emissão de parecer social para subsidiar o reconhecimento e a manutenção de direitos previdenciários e benefícios assistenciais, bem como à decisão médico pericial;
  • e exercer, mediante designação da autoridade competente, outras atividades relacionadas às finalidades institucionais do INSS.

Remuneração

 

A remuneração dos servidores do INSS é composta de três parcelas:

  1. Vencimento Básico
  2. Gratificação de Atividade Executiva (GAE)
  3. Gratificação de Atividade de Desempenho de Atividade do Seguro Social (GDASS).

Técnico do Seguro Social:

 

vencimento básico é a menor parcela da remuneração do Técnico do INSS. No início de carreira, seu valor é de R$ 712,61; no final de carreira, o valor vai para R$ 1.102,02.

Gratificação de Atividade Executiva (GAE) equivale a 160% do vencimento básico. No início de carreira, seu valor é de até R$ 1.140,18; no final de carreira, o valor vai para R$ 1.763,23.

A Gratificação de Atividade de Desempenho de Atividade do Seguro Social (GDASS) é a maior parcela da remuneração. No início de carreira, seu valor é de até R$ 3.595,00; no final de carreira, o valor vai para R$ 6.234,00.

Analista do Seguro Social:

 

vencimento básico é a menor parcela da remuneração do Analista do INSS. No início de carreira, seu valor é de R$ 992,72; no final de carreira, o valor vai para R$ 1.467,61.

Gratificação de Atividade Executiva (GAE) equivale a 160% do vencimento básico. No início de carreira, seu valor é de até R$ 1.588,35; no final de carreira, o valor vai para R$ 2.348,18.

Gratificação de Atividade de Desempenho de Atividade do Seguro Social (GDASS) é a maior parcela da remuneração. No início de carreira, seu valor é de até R$ 5.776,00; no final de carreira, o valor vai para R$ 9.218,00.

Último Concurso INSS 2015

 

O último certame aconteceu no ano de 2015, tendo como organizador o Cebraspe (Cespe/UnB – Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos).

Foram ofertadas ao todo 950 vagas, sendo 800 para Técnico do Seguro Social e 150 para Analista do Seguro Social.

O número de inscritos foi de 1.087.789 candidatos, sendo 43.982 para Analista (relação de 293 candidatos/vaga) e 1.043.807 para o cargo de Técnico (1.304 candidatos/vaga).

No último certame, os cargos de Técnico e Analista do Seguro Social foram avaliados em horários diferentes. Portanto, basta que você tenha os requisitos necessários para tentar os dois cargos.

O conteúdo programático tem três matérias que ‘batem’ nos dois cargos: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Noções de Informática.

Além disso, o candidato pode aproveitar outras disciplinas, como Direito Administrativo e Direito Constitucional, as quais são cobradas em totalidade para o cargo de Analista, enquanto que para o cargo de Técnico, são cobradas noções destas disciplinas.

Com essas cinco matérias sendo aproveitadas para dois cargos diferentes, você tem mais chances de conseguir sua tão sonhada vaga como servidor público do INSS.

Os candidatos ao cargo de técnico foram submetidos a uma prova objetiva, contendo 120 questões sobre:

  • Ética no Serviço Público;
  • Regime Jurídico Único;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Língua Portuguesa;
  • Raciocínio Lógico;
  • Noções de Informática; e
  • Conhecimentos Específicos.

Já os analistas tiveram disciplinas de Português, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Legislação Previdenciária, Legislação da Assistência Social, Saúde do Trabalhador e da Pessoa com Deficiência, concurso INSS inscrição vai acontecer em breve, não perca essa oportunidade!

Todos os aprovados foram Nomeados.

 

Fique por dentro do que acontece no mundo dos concursos públicos e veja outros concursos que irão sair  aqui no BOA PROVA.

 

Compartilhe essa página:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Não perca! Inscreva-se agora
e fique por dentro dos concursos públicos.

Sua assinatura não pôde ser validada.
Você fez sua assinatura com sucesso, em breve você ganhará sua amostra grátis! desde já desejamos bons estudos e boa prova!