fbpx

Concurso TRF 5: Remuneração de até R$ 19.823,62, edital em breve!

Concurso TRF 5

Você está em busca de uma oportunidade de carreira com excelentes remunerações? Então, prepare-se para ficar por dentro de todas as informações sobre o Concurso TRF 5! Com salários que podem chegar a incríveis R$ 19.823,62, este certame promete ser uma verdadeira porta de entrada para uma carreira de sucesso no Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

Descubra agora mesmo os detalhes sobre as vagas, etapas do concurso e dicas preciosas para se preparar e conquistar uma dessas cobiçadas posições. Continue lendo e mergulhe nessa oportunidade única!

Concurso TRF5: Situação atual

As notícias estão quentes: o tão aguardado Concurso TRF 5 está a caminho! Com a fase de escolha da banca organizadora já em andamento, a expectativa é que o edital seja divulgado no segundo semestre deste ano. Se você está em busca de uma carreira sólida e com remunerações atrativas, não pode perder essa oportunidade.

Fique de olho nas próximas atualizações e prepare-se para conquistar uma vaga nesse renomado tribunal. O seu futuro profissional está mais perto do que nunca. Continue acompanhando para não perder nenhum detalhe!

Comissão contratação banca

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região, sediado em Pernambuco, deu mais um passo importante rumo ao próximo concurso público. Foi divulgada a formação da comissão responsável pela contratação da banca organizadora do certame, conforme publicado no Diário Oficial do TRF5.

Abrangência do concurso

O concurso público tem como objetivo o provimento de cargos e a formação de cadastro de reserva nas carreiras funcionais do Poder Judiciário Federal. As vagas são referentes ao quadro permanente do TRF5 e das Seções Judiciárias dos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Alagoas e Sergipe.

Membros da comissão

A comissão encarregada dessa importante etapa do processo seletivo é composta pelos seguintes membros:

  • Responsável pela Demanda: Isaura Ângela Rodrigues Aragão
  • Integrante Requisitante: Isaura Ângela Rodrigues Aragão
  • Integrante Técnico: Luiz Eduardo Bandeira de Melo
  • Integrante Administrativo: Marcelo Nobre Tavares

A formação da comissão demonstra o comprometimento do TRF5 em conduzir um concurso transparente e de qualidade. Fique atento às próximas atualizações e prepare-se para essa oportunidade de ingressar no Poder Judiciário Federal com uma remuneração atrativa e estabilidade profissional.

Concurso TRF 5: remuneração e benefícios

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região no momento tem a seguinte remuneração:

AnalistaTécnico
Inicial – (Classe A, padrão 1)
Vencimento: R$ 5.501,09
GAJ: R$ 7.701,53
Total: R$ 13.202,62
Inicial – (Classe A, padrão 1)
Vencimento: R$ 3.352,85
GAJ: R$ 4.693,99
Total: R$ 8.046,84
Final – (Classe C, padrão 13)
Vencimento: R$ 8.259,84
GAJ: R$ 11.563,78
Total: R$ 19.823,62
Final – (Classe C, padrão 13)
Vencimento: R$ 5.034,29
GAJ: R$ 7.048,01
Total: R$ 12.082,30

Estrutura Remuneratória

Veja a seguir, o detalhamento da estrutura remuneratória do Tribunal Regional Federal da 5ª Região:

Analista Judiciário

CARGO/ESCOLARIDADECLASSE/PADRÃOVENCIMENTO BÁSICOGAJ (140%)GAS (35%)**
Analista/SuperiorA1R$ 5.501,09R$ 7.701,53R$ 1.925,38
Analista/SuperiorA2R$ 5.666,12R$ 7.048,01R$ 1.983,14
Analista/SuperiorA3R$ 5.836,11R$ 8.170,55R$ 2.042,64
Analista/SuperiorA4R$ 6.168,78R$ 8.636,29R$ 2.159,07
Analista/SuperiorA5R$ 6.353,83R$ 8.895,36R$ 2.223,84
Analista/SuperiorB6R$ 6.544,45R$ 9.162,23R$ 2.290,56
Analista/SuperiorB7R$ 6.740,78R$ 9.437,09R$ 2.359,27
Analista/SuperiorB8R$ 6.943,01R$ 9.720,21R$ 2.430,05
Analista/SuperiorB9R$ 7.338,76R$ 10.274,26R$ 2.568,57
Analista/SuperiorB10R$ 7.558,92R$ 10.582,49R$ 2.645,62
Analista/SuperiorC11R$ 7.785,69R$ 10.899,97R$ 2.724,99
Analista/SuperiorC12R$ 8.019,26R$ 11.226,96R$ 2.806,74
Analista/SuperiorC13R$ 8.259,84R$ 11.563,78R$ 2.890,94

Técnico Judiciário

CARGO/ESCOLARIDADECLASSE/PADRÃOVENCIMENTO BÁSICOGAJ (140%)GAS (35%)**
Técnico/SuperiorA1R$ 3.352,85R$ 4.693,99R$ 1.173,50
Técnico/SuperiorA2R$ 3.453,45R$ 4.834,83R$ 1.208,71
Técnico/SuperiorA3R$ 3.557,05R$ 4.979,87R$ 1.244,97
Técnico/SuperiorA4R$ 3.759,80R$ 5.263,72R$ 1.315,93
Técnico/SuperiorA5R$ 3.872,60R$ 5.421,64R$ 1.355,41
Técnico/SuperiorB6R$ 3.988,78R$ 5.584,29R$ 1.396,07
Técnico/SuperiorB7R$ 4.108,43R$ 5.751,80R$ 1.437,95
Técnico/SuperiorB8R$ 4.231,69R$ 5.924,37R$ 1.481,09
Técnico/SuperiorB9R$ 4.472,89R$ 6.262,05R$ 1.565,51
Técnico/SuperiorB10R$ 4.607,09R$ 6.449,93R$ 1.612,48
Técnico/SuperiorC11R$ 4.745,30R$ 6.643,42R$ 1.660,86
Técnico/SuperiorC12R$ 4.887,66R$ 6.842,72R$ 1.710,68
Técnico/SuperiorC13R$ 5.034,29R$ 7.048,01R$ 1.762,00

Atenção! Benefícios específicos para cada cargo:

  • Gratificação de Atividade de Segurança (GAS): destinada exclusivamente aos cargos na área de segurança. É um reconhecimento pelo trabalho desempenhado nessa importante função, garantindo uma remuneração adicional aos servidores.
  • Gratificação de Atividade Externa (GAE): devida somente aos ocupantes do cargo de Oficial de Justiça Avaliador Federal. Essa gratificação é um incentivo para os profissionais que realizam atividades externas, contribuindo para a efetividade dos serviços prestados pelo Judiciário.

É fundamental conhecer as particularidades de cada cargo e suas respectivas gratificações para compreender os benefícios e oportunidades oferecidos no âmbito do serviço público.

Benefícios

Os valores foram ajustados em fevereiro de 2023:

  • Auxílio Alimentação – R$ 1.182,74;
  • Assistência pré-escolar – R$ 935,22.

Adicionais

Além da remuneração e benefícios, os servidores contam com o Adicional de Qualificação.

O Adicional de Qualificação reconhece os conhecimentos adicionais adquiridos pelos servidores por meio de treinamentos, títulos, diplomas ou certificados de pós-graduação nas áreas de interesse do Poder Judiciário.

Esse adicional é dividido em duas modalidades:

Concursos em vista: Curso preparatório online com foco nas disciplinas mais cobradas!

  1. Adicional de Qualificação – Treinamento: destinado aos servidores que completarem um conjunto de treinamentos internos, totalizando pelo menos 120 horas. Esse benefício corresponde a 1% do vencimento básico, com limite de 3% em um período de 4 anos, podendo ser renovado.
  2. Adicional de Qualificação – Títulos: destinado aos servidores que possuem certificados de especialização, título de mestre, título de doutor ou diploma de curso superior para os Técnicos Judiciários. Os percentuais do adicional variam de acordo com o título obtido, sendo 12,5% para doutor, 10% para mestre, 7,5% para especialização e 5% para técnicos judiciários com diploma de curso superior.

O Adicional de Qualificação valoriza o aprimoramento profissional e incentiva os servidores a buscar aperfeiçoamento em suas áreas de atuação.

Reajuste progressivo

No mês de janeiro de 2023, foi divulgado o reajuste das remunerações dos profissionais do Poder Judiciário da União, que ocorrerá em etapas sucessivas e acumulativas, conforme detalhado a seguir:

I – A partir de 1° de fevereiro de 2023, haverá um aumento de 6% nas remunerações;

II – A partir de 1° de fevereiro de 2024, ocorrerá mais um aumento de 6% nas remunerações;

III – A partir de 1° de fevereiro de 2025, será aplicado um aumento de 6,13% nas remunerações.

Esses reajustes progressivos visam valorizar os profissionais do Poder Judiciário da União, garantindo uma melhoria gradual em suas remunerações ao longo dos próximos anos.

veja como ficará os valores abaixo:

Técnico Judiciário (Vencimento básico + GAJ)
ANO202320242025
INICIALR$ 8.046,84R$ 8.529,67R$ 9.052,54
TOPO DA CARREIRAR$ 12.082,30R$ 12.807,24R$ 13.592,33
Analista Judiciário (Vencimento básico + GAJ)
ANO202320242025
INICIALR$ 13.202,62R$ 13.994,78R$ 14.852,66
TOPO DA CARREIRAR$ 19.823,62R$ 21.013,03R$ 22.301,14

Concurso TRF 5: cargos e vagas

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região está em processo de definição das vagas a serem disponibilizadas no próximo concurso. No entanto, algumas informações gerais sobre os cargos do Tribunal podem ser destacadas:

Analista Judiciário:

  • Jornada de trabalho de 40 horas semanais.
  • Requisito: Diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de graduação específica reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Técnico Judiciário:

  • Jornada de trabalho de 40 horas semanais.
  • Requisito: Diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de graduação específica reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Essas são informações preliminares que servem como base para a compreensão dos cargos, aguardando-se mais detalhes sobre as vagas a serem oferecidas no certame. Fique atento às atualizações para obter informações mais específicas sobre o concurso do Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

Atenção a Lei ?
Em 2022, a Lei nº 14.456/2022 reconheceu o cargo de técnico judiciário como requisito para a formação universitária completa. Essa mudança se aplica a todos os concursos públicos na Justiça Federal.A Lei nº 14.456/2022 alterou a Lei nº 11.416/06 que regulamenta a carreira dos servidores do Judiciário Federal.Estava tramitando no Supremo Tribunal Federal (STF), a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 7338 que questionava essa mudança de escolaridade.No dia 14 de junho de 2023, o ministro do STF Edson Fachin, negou o segmento da ação. Veja:“Ante o exposto, nego seguimento à ação, por ilegitimidade ativa da parte Autora, nos termos dos arts. 330, II, do Código de Processo Civil e 21, §1º, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal. Publique-se. Intime-se. Brasília, 14 de junho de 2023.”Com isso, o próximo concurso deverá ofertar vagas apenas para cargos de nível superior.

Cargos vagos

De acordo com o Portal de Transparência do órgão, há 14 cargos vagos, sendo:

  • 02 cargos vagos para Analista
  • 12 cargos vagos para técnico

Os dados são de abril de 2023.

Concurso TRF 5: carreira

A Lei nº 11.416, de 15 de dezembro de 2006, estabelece as diretrizes para a carreira dos servidores da justiça federal.

Conforme a lei, o quadro efetivo é composto pelas seguintes carreiras de Analista Judiciário e Técnico Judiciário.

Tanto o cargo de Analista Judiciário quanto o de Técnico Judiciário são divididos em três classes, identificadas como A, B e C, e cada classe possui 13 padrões.

Essa estrutura classificatória e de padrões estabelecida pela lei proporciona uma organização e progressão na carreira dos servidores, garantindo uma estruturação clara e definida para o desenvolvimento profissional.

CargoClassesPadrão/Referência
Analista Judiciáriopossui três classes: A, B e Cde 1 a 13
Técnico Judiciáriopossui três classes: A, B e Cde 1 a 13

Concurso TRF 5: último edital

O concurso TRF 5 realizado em 2017, ofertou 14 vagas imediatas mais a formação de cadastro de reserva para:

Analista Judiciário – Área Judiciária
Vagas: 3 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal
Vagas: CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Administrativa
Vagas: CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática/Infraestrutura
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática/Desenvolvimento
Vagas: CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Clínico Geral)
Vagas: 2 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Contadoria
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Técnico Judiciário – Área Administrativa
Vagas: 5 + CR
Jornada de trabalho:40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança e Transporte
Vagas: 1 + CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Informática
Vagas: CR
Jornada de trabalho: 40 horas semanais
Lotação: Pernambuco, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe

Etapas de prova

Prova objetiva

As provas objetivas foram realizadas em diferentes horários: pela manhã para os cargos de Técnicos Judiciários e à tarde para os cargos de Analistas Judiciários. Essas avaliações ocorreram nas cidades de Recife, João Pessoa, Natal, Fortaleza, Maceió e Aracaju.

A distribuição dos horários e locais das provas visou garantir a melhor organização e comodidade para os candidatos, permitindo que cada um pudesse realizar o exame de acordo com sua função e região de atuação.

Disciplinas

Os candidatos foram avaliados por meio das disciplinas de:

Conhecimentos Gerais para todos os cargos

  • Língua portuguesa
  • Noções de Direito Administrativo
  • Atos Normativos

Conhecimentos específicos 

Analista JudiciárioÁrea JudiciáriaAnalista JudiciárioOficial de Justiça AvaliadorAnalista Judiciário Área AdministrativaAnalista JudiciárioÁrea ContadoriaAnalista JudiciárioÁrea Apoio Especializado – Especialidade Informática/InfraestruturaAnalista JudiciárioÁrea Apoio Especializado – Especialidade Informática/Desenvolvimento de SistemasTécnico JudiciárioÁrea AdministrativaTécnico JudiciárioÁrea Administrativa – Especialidade Segurança e Transporte
Analista Judiciário – Área Judiciária
Direito Constitucional
Direito Civil
Direito Processual Civil
Direito Penal
Direito Processual Penal
Direito Previdenciário
Direito Tributário
Direito do Consumidor
Direito Constitucional
Direito Administrativo
Direito Civil
Direito Processual Civil
Direito Penal
Direito Processual Penal
Noções de Direito Constitucional
Noções de Direito Administrativo
Noções de Administração
Administração Financeira e Orçamentária
Noções de Gestão de Pessoas
Contabilidade Geral
Contabilidade Pública
Noções de Auditoria Governamental
Administração Orçamentária e Financeira
Matemática Financeira
Fundamentos de Computação
Sistemas Operacionais
Redes de Computadores
Armazenamento de dados em rede
Segurança de Redes
Normas para Segurança da Informação
Serviços de Rede
Gerenciamento de redes de computadores
Gerenciamento de Serviços
Inglês técnico
Fundamentos de Computação
Fundamentos de Sistemas Operacionais
Processamento, arquivamento e recuperação automática de informações
Engenharia de software
Gerenciamento de projetos
Arquitetura de software
Fundamentos de programação
Linguagens e ambientes de programação
Tecnologias e linguagens para desenvolvimento de sistemas web
Banco de dados
Acessibilidade e engenharia de usabilidade
Gerenciamento de serviços
Contratações de soluções de TI
Inglês técnico
Noções de Direito Constitucional
Noções de Direito Administrativo
Noções de Administração
Noções de Administração Financeira e Orçamentária
Noções de Gestão de Pessoas
Segurança de Dignitários
Noções de Planejamento de Segurança
Noções de Segurança da Informação
Noções de Serviço de Inteligência
Noções de Gestão de Conflitos
Legislação

Estrutura da prova

As provas objetivas foram compostas de 60 questões de múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos. Cada questão tinha cinco alternativas.

Prova discursiva

A prova discursiva redação foi aplicada para os cargos de:

  • Analista Judiciário – Área Judiciária;
  • Analista Judiciário – Área Judiciária – Oficial de Justiça Avaliador Federal;
  • Analista Judiciário – Área Administrativa; e
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa.

Foram corrigidas as provas discursivas dos candidatos habilitados e mais bem classificados nas provas objetivas, os demais candidatos foram excluídos do concurso.

Nesta etapa, os candidatos tiveram de desenvolver texto dissertativo.

Já a prova discursiva – Estudo de Caso foi aplicada para os cargos de:

  • Analista Judiciário – área Administrativa – Especialidade Contadoria;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática/Infraestrutura;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática/Desenvolvimento;
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Clínico Geral);e
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Informática.

A prova Discursiva – Estudo de Caso constou de uma questão prática, avaliada de 0 a 100 pontos.

Prova de capacidade física

Os candidatos que concorreram às vagas de Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Segurança e Transporte foram submetidos a prova de capacidade física.

Esta etapa foi realizada nas cidades Recife, Fortaleza, João Pessoa, Natal, Maceió e Aracaju.

A prova de capacidade física consistiu  de 4 testes, sendo:

  • teste abdominal (masculino e feminino);
  • teste de flexo extensão de braços – no solo – masculino e feminino;
  • teste de sentar e alcançar, com banco;
  • teste de corrida de 12 minutos (masculino e feminino).

Motivos para escolher o concurso TRF 5

  1. Remuneração atrativa: O concurso oferece uma remuneração competitiva, proporcionando uma boa compensação financeira para os servidores.
  2. Lotações em diversos estados: As vagas disponíveis no concurso abrangem diferentes estados do Brasil, permitindo que os candidatos escolham a localidade de sua preferência.
  3. Estabilidade financeira e profissional: Ao ingressar no TRF 5, os servidores conquistam estabilidade no emprego, garantindo segurança e tranquilidade em suas carreiras.
  4. Oportunidade de crescimento: O concurso oferece possibilidades de crescimento na carreira, com progressões e promoções que permitem avançar profissionalmente dentro do Tribunal.

Participar do concurso TRF 5 é uma oportunidade única de ingressar em uma carreira sólida, com benefícios atrativos e a perspectiva de crescimento profissional. Não perca essa chance de garantir estabilidade financeira e seguir uma trajetória de sucesso no Judiciário.


Fique ligado no nosso site e nas nossas redes sociais para estar sempre à frente na sua preparação. E lembre-se, o segredo para ser aprovado é se preparar com antecedência e dedicação. Boa sorte!

Concursos Abertos e Previstos

Receba as notícias mais importantes do mundo dos concurso públicos no seu celular gratuitamente!

Clique no link abaixo e faça parte gratuitamente:

Telegram

Resumo do concurso TRF 5

Resumo TRF 5
Concurso tribunal regional federal da 5° região Concurso concurso TRF 5
Situação atual banca em definição
Banca organizadora A definir
Cargos Técnico com especialidade em Informática
Escolaridade Nível superior
Carreiras Tribunais
Lotação Estado de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas e Sergipe
Número de vagas A definir
Remuneração De R$ R$ 8.046,84 até 12.082,30 para o cargo de técnico já para analista é de R$ 13.202,62 até R$ 19.823,62
Inscrições A definir
Taxa de inscrição A definir
Data da prova objetiva A definir
Clique aqui para ver o último edital concurso TRF 5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
Boa Prova Gostaria de receber notificações sobre concursos e aulas gratuitas?
Já sei tudo
SIM, COM CERTEZA